O pastor evangélico Ted Haggard (foto) acaba de passar por um curso intensivo de “cura gay” ministrado por quatro reverendos e declarou-se 100% heterossexual. Ted foi “entregue” por um garoto de programa, que irritado ao ver sua pregação contra os direitos gays, resolveu contar a verdade.

Mike Jones disse que Haggard era seu cliente há 3 anos para sexo gay. O pastor da Igreja New Life de Colorado ( EUA) e presidente da Organização Nacional dos Evangélicos renunciou após o escândalo.

O pastor evangélico disse agora a um jornal de Denver que estava representando e sempre foi heterossexual. Um dos 4 pastores que o aconselham, Reverendo Tim Ralph, confirmou: “Ele é 100% heterossexual, isso é algo que ele descobriu. O que ele fazia não era constante, e sim, parte de uma encenação”, alegando que foi a sua única relação homossexual.

Mike Jones, 49, foi convidado e compareceu à igreja New Life no domingo passado, sendo saudado pela congregação por ter alertado sobre Ted Haggard.

Haggard, por sua vez, vai se mudar de Colorado com a esposa e estudar psicologia.

Fonte: Jornal da Mídia

Notícias relacionadas:
[url=http://www.folhagospel.com/site/html/modules/news/article.php?storyid=1200]Líder evangélico dos EUA renuncia após escândalo sexual[/url]

[url=http://www.folhagospel.com/site/html/modules/news/article.php?storyid=1205]Evangélicos americanos perdem referência em escândalo sexual[/url]

[url=http://www.folhagospel.com/site/html/modules/news/article.php?storyid=1223]Líder evangélico dos Estados Unidos se diz culpado por ‘imoralidade sexual'[/url]