O Tribunal de Justiça da Paraíba, por sua Coordenadoria da Infância e da Juventude, lançará, às 15 h deste dia 16 de agosto, a Campanha de Doação de Livros “Pelo Direito de Ler”.

O evento, a ocorrer no Auditório “Desembargador Wilson Pessoa da Cunha”, no Anexo do Palácio da Justiça (antigo Fórum Cível “Desembargador Archimedes Souto Maior”), será aberto pelo desembargador-presidente Antônio de Pádua Lima Montenegro.

Esta campanha será apresentada em data-show pela coordenadora do setor, Cibele Almeida, e pela universitária de Comunicação Gabriella Guedes, da Coordenadoria de Comunicação Social do Judiciário. O auditório será composto especialmente por crianças e jovens adolescentes atendidos pelo CAO (Centro de Atividades Ocupacionais), pelo CETA (Centro Terapêutico do Adolescente) e por sua creche.

A Bíblia e outras obras

Haverá apresentações especiais de grupos de dança, formados por alunos das Creches “Fabiana Lucena” e “Maria da Luz”. A Sociedade Bíblica do Brasil doará 106 livros a serem destinados às seguintes Salas de Leitura: 1) “Monteiro Lobato”, da Creche “Maria da Luz” (que receberá 52 unidades); 2) “Ariano Suassuna”, do CETA “Desembargador “Raphael Carneiro Arnaud” (18 livros); 3) “José Américo de Almeida”, instalada numa das dependências do Centro de Atividades Ocupacionais “Desembargador Mário de Moura Rezende” (CAO), em Jaguaribe (36 livros).

Os exemplares são Bíblias de Estudo; Bíblias da Família; Dicionários da Bíblia; Histórias de Amor da Bíblia; Bíblia em Áudio; Bíblia Infantil “Amigos para Sempre”; Bíblia em Quebra-Cabeças e outros volumes que ajudarão na formação religiosa dos alunos destes Centros pertencentes ao TJ-PB.

Mais salas de leitura

Com o lançamento da campanha, a Coordenadora da Infância e da Juventude, Cibele Almeida, espera poder adquirir acervo considerável de obras, para a instalação, até outubro próximo, das Salas de Leituras em três unidades de atendimento aos adolescentes, em João Pessoa.

Confirmaram presença ao evento a Secretária Estadual de Desenvolvimento Humano, Isa Arroxelas; a Coordenadora do Programa de Creches do Governo do Estado, Filomena Elisa; a presidente da Associação das Esposas dos Magistrados e das Magistradas (AEMP), a Dra. Socorro Montenegro, com sua vice-presidente, Sra. Rozane Lourenço Gomes Pereira, além dos juízes da Infância e da Juventude da Capital, Fabiano de Moura e Moura e Virgínia Gaudêncio, bem como Secretários e Coordenadores do TJ-PB e diretores das Creches e dos respectivos Centros.

Sociedade Bíblica e AEMP

A Sociedade Bíblica Brasileira é entidade religiosa (evangélica) e cultural, sem fins lucrativos. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia como instrumento de transformação espiritual e social, além de fonte de conhecimento e educação. Essa entidade desenvolve programas sociais que beneficiam milhares de pessoas; dá incentivo à cultura; promove a inclusão dos deficientes visuais; tem uma ação social nas escolas; patrocina a tradução da Bíblia para povos indígenas; e, entre outros objetivos, assegura assistência médica, social e espiritual a pacientes hospitalizados.

Recentemente, a Campanha de Doação de Livros “Pelo Direito de Ler” recebeu outro importante parceiro: a AEMP – Associação das Esposas dos Magistrados e das Magistradas. Esta parceria já resultou na arrecadação de mais de 400 livros de literatura infanto-juvenil.

As informações são da assessoria do TJ-PB

Fonte: O Norte