Durante operação em favela, policiais civis desconfiaram de um imóvel que tinha a inscrição de uma igreja na fachada.

Traficantes da favela Boca do Mato, em Cabo Frio, na região dos Lagos, construíram uma igreja falsa onde escondiam drogas sem despertar a atenção da polícia. A estratégia foi descoberta nesta segunda-feira (2), durante uma operação da Polícia Civil, realizada por agentes da 2ª CRPI (Coordenadoria Reginal de Policiamento do Interior).

Durante a operação na favela, os agentes desconfiaram de um imóvel que tinha a inscrição de uma igreja na fachada. Assim que entraram os policiais perceberam que nada havia no local, além de drogas.

Foram apreendidos cem cápsulas de cocaína, cem pedras de crack, avaliadas em R$ 30 cada, oito tabletes com 50g de maconha cada, além de 60 trouxas da droga. Os agentes também encontraram 16 munições, um radiotransmissor, um celular e R$ 40. Ninguém foi preso, já que um grupo de suspeitos conseguiu fugir pelos fundos do falso templo religioso.

Há alguns meses, traficantes da Boca do Mato tentam invadir a favela do Jacaré, também em Cabo Frio, que é dominada por uma facção criminosa rival. O material foi levado para a Delegacia de Cabo Frio (126ª DP).

[b]Fonte: R7[/b]