Juntamente com os três bispos foram recebidas duas das suas mulheres, três freiras e alguns leigos.

Três bispos e três freiras estavam entre a primeira vaga de ex-anglicanos a serem recebidos na Igreja Católica, no âmbito da formação de um ordinariato pessoal onde poderão estar em comunhão com Roma, mantendo aspectos da sua liturgia e patrimônio espiritual.

Os três bispos, e não cinco como anteriormente tinha sido divulgado, foram crismados e receberam a primeira comunhão numa cerimônia na Catedral de Westminster, em Londres, numa missa presidida pelo Bispo Alan Hopes, outro ex-anglicano que passou para a Igreja Católica em 1994.

Juntamente com Andrew Burnham, John Broadhurst e Keith Newton foram recebidas três freiras anglicanas, vários leigos e ainda as mulheres de Burnham e de Broadhurst. Keith Newton também é casado, mas a sua esposa é judia.

Os três ex-bispos anglicanos assumem agora, por breves dias, o estatuto de leigos na Igreja Católica. Ainda este mês deverão ser ordenados primeiro diáconos e depois sacerdotes. Uma vez que a Igreja Católica não abre exceção à regra do celibato para bispos, os três clérigos não voltarão a receber o estatuto episcopal.

A Igreja Católica em Inglaterra e País de Gales aguarda agora a promulgação oficial da formação do ordinariato pessoal. Segundo a conferência episcopal católica, seguir-se-á a recepção de outros dois bispos anglicanos eméritos, que deverão ser ordenados padres até ao princípio da Quaresma.

Até à Semana Santa a maioria dos restantes anglicanos que manifestem o desejo de aderir devem ser recebidos na Igreja e os padres serão ordenados até ao Pentecostes.

[b]Processo discreto
[/b]
As primeiras recepções de ex-anglicanos na Igreja Católica no quadro do ordinariato pessoal estão, como seria de esperar, a causar algum entusiasmo entre os católicos anglófonos e, especialmente, entre o sector mais conservador da Igreja Anglicana, de onde sairão a maioria dos membros do ordinariato.

Contudo, a informação oficial sobre o evento tem sido muito difícil de encontrar, tanto antes como depois da missa de Sábado.

Nem a Igreja Católica inglesa, nem os próprios ex-bispos anglicanos emitiram qualquer comunicado, deixando um vazio que foi preenchido por bloggers. Estes acabaram por traçar uma imagem bastante completa do que se passou, sobretudo com base em relatos de testemunhos que participaram na missa.

A confusão inicial levou a que fosse noticiado que seriam recebidos cinco bispos com as suas mulheres, quando na verdade foram apenas três com as mulheres de dois deles.

[b]Fonte: Renascença – Portugal
[/b]