Objetivo do ajuste destina-se à realização de duzentos casamentos e cinquenta divórcios, organizados pelo Projeto Justiça Itinerante.

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) firmou, na manhã desta segunda-feira (19), um convênio com a Igreja Evangélica Assembléia de Deus. O objetivo do ajuste destina-se à realização de duzentos casamentos e cinquenta divórcios, organizados pelo Projeto Justiça Itinerante, a serem realizados na referida igreja.

Segundo o presidente do TJ/AL, desembargador José Fernandes de Hollanda Ferreira, o convênio decorre de mais uma ação social necessária. “Encerro minha gestão muito satisfeito com as ações da Justiça Itinerante. Esse convênio me dá a certeza de que o Poder Judiciário está cumprindo seu papel, através de mais um serviço destinado à comunidade”, declarou.

Para o pastor-presidente da Igreja Evangélica Assembléia de Deus, José Antônio dos Santos, a parceria é muito importante. “O convênio trará a oportunidade de aliarmos as partes jurídica e religiosa para a consolidação desses casamentos, beneficiando a sociedade”, afirmou.

Estiveram também presentes na ocasião o coordenador do Projeto Justiça Itinerante, juiz Domingos de Araújo Lima Neto, o secretário-especial da presidência Marcos Joel Nunes Marques e representantes da Assembléia de Deus.

Fonte: Gazeta Web