Túlio Maravilha, do Vila Nova, ainda não havia balançado as redes no Goianão 2008. Artilheiro do Estadual por duas vezes em 1991 pelo Goiás (18 gols) e em 2001 pelo próprio Vila Nova (16), o atacante recorreu à fé para reconquistar o caminho do gol.

– Estive com o pastor hoje (quinta-feira) para uma sessão de descarrego – diz Túlio, em tom de brincadeira, para o site “O Popular On-Line”.

O atacante acrescentou que foi a uma igreja evangélica de Goiânia para fazer uma oração especial para voltar a fazer gols. No ano passado, nos quatro primeiros jogos do Goianão, ele havia marcado cinco vezes e já se destacava na artilharia. Agora, os gols sumiram.

– Nos próximas partidas serei abençoado e os caminhos vão se abrir para mim – declara o jogador.

A recuperação na artilharia aconteceu em 1991, quando foi o goleador mesmo com jejum de gols em seis partidas consecutivas. Mas o atacante terá árduo trabalho pela frente. Fábio Oliveira, do Itumbiara, já tem seis gols na competição. O jogador tenta ser artilheiro pela segunda vez consecutiva. Em 2007, com a camisa do Atlético-GO, ele marcou 18 gols.

Túlio Maravilha marca quatro em goleada do Vila Nova

O Vila Nova jogou fora de casa contra o Anapolina, no estádio Jonas Duarte, neste sábado, em Anápolis, e venceu por 4 a 0, pela quinta rodada do Campeonato Goiano. Com esse resultado, o Vila Nova ficou na terceira colocação do Grupo A, com nove pontos, e o Anapolina na quinta colocação do Grupo B, com sete pontos.

Os quatro gols dos visitantes foram marcados pelo atacante Túlio Maravilha. O primeiro foi de cabeça, aos 43 minutos do primeiro tempo. Já o segundo do renomado atacante foi aos 13 da etapa final. Aos 17, com um toque de letra, Túlio fez o terceiro. Não satisfeito, o ex-jogador do Botafogo e da seleção brasileira decretou a goleada, aos 20.

Na próxima rodada, o Vila Nova recebe a Jataiense, no OBA, em Goiânia, na quarta- feira. A Anapolina pega o Mineiros, fora de casa, no mesmo dia.

Fonte: Globo Esporte e UOL