A Unigran divulgou carta aberta em que pede desculpas pela inclusão, entre as obras expostas durante a XXII Uniarte, de um quadro que foi considerado ofensivo pela comunidade católica.

A Unigran (Universidade da Grande Dourados) divulgou carta aberta em que a coordenadora do curso de Artes Visuais da Unigran, professora Cláudia Ollé, pede desculpas públicas ao bispo diocesano de Dourados, dom Redovino Rizzardo, pela inclusão, entre as obras expostas durante a XXII Uniarte, de um quadro que foi considerado ofensivo pela comunidade católica.

De acordo com informações do Dourados News, a obra recebeu duras criticas ao longo da semana. Apresenta um rosário aberto com um preservativo no meio, sobre um pano branco. A obra integrava a mostra de arte como parte das comemorações dos 30 anos da Unigran.

A coordenadora também promete que a partir dos próximos eventos desse tipo a Unigran zelará para que “o crescimento da consciência crítica se desenvolva na pluralidade, respeito e tolerância ao outro”. Em Campo Grande exposição do artista plástico Evandro Prado, com imagens misturando latinhas e logotipos do refrigerante da marca ‘Coca-Cola’ com imagens de santos, gerou até processo movido pelo arcebispo de Campo Grande Dom Vitório Pavanello, mas que foi arquivado.

Fonte: Campo Grande News