O apóstolo Valdemiro Santiago foi tema de uma reportagem do jornalista Leandro Mazzini, do site Coluna Esplanada, por supostamente ter doado R$ 5 milhões à campanha de um candidato a prefeito de São Luís, Maranhão.

De acordo com Mazzini, o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus teria feito a doação milionária ao candidato Edvaldo Holanda Junior (PTC). Junior é evangélico e membro de uma igreja Batista na capital maranhense.

As informações sobre a doação dos R$ 5 milhões foi desmentida pela coordenação da campanha de Edvaldo Holanda Junior. Em nota, publicada no blog Jorge Vieira, a coligação do candidato nega envolvimento com Santiago: “Dentre os apoiadores da campanha, não consta o pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santigo. Neste ensejo, Edivaldo Holanda Júnior esclarece também que não possui qualquer relação com o referido pastor. Todas as doações da campanha petecista feitas à coligação ‘Muda São Luís’ podem ser acompanhadas pela Prestação de Contas feita ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão”.

Valdemiro Santiago, que é alvo de uma investigação do Ministério Público devido à aquisição de fazendas e cabeças de gado pela Igreja Mundial, declarou apoio ao candidato do PT em São Paulo, Fernando Haddad, considerado o pai do Kit Gay.

[b]Fonte: Gospel+[/b]