A nova série se chamará “The Exorcist Files” (“Os Arquivos do Exorcista”) e recriará histórias reais de exorcismos.

O Vaticano negou neste sábado que esteja colaborando com o canal Discovery Channel para a elaboração de uma série de televisão sobre os casos reais que a Igreja Católica teria analisado de possessões demoníacas e exorcismos.

“Desminto essa suposta colaboração”, disse à Agência Efe o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

O jesuíta acrescentou que a notícia é “totalmente fora de propósito” e que não há colaboração de organismo algum do Vaticano nesse projeto, como havia sido divulgado pela publicação americana Inside TV.

Em declarações à imprensa italiana, Lombardi insistiu que o Vaticano e a Igreja Católica não estão implicados no projeto e que, se a Discovery Channel entrevistou “especialistas em nível particular, qualquer declaração sobre este tema deve ser considerada inexata”.

A nova série se chamará “The Exorcist Files” (“Os Arquivos do Exorcista”) e recriará histórias reais nas quais a Igreja teria averiguado possíveis casos de lugares e pessoas possuídas pelo demônio.

De acordo com a Inside TV, para realizar o projeto a Discovery Channel teria tido acesso aos arquivos do Vaticano e entrevistou religiosos especialistas em exorcismos que raramente aparecem na televisão.

[b]Fonte: Folha Online[/b]