A Santa Sé está considerando a possibilidade de publicar um documento sobre questões de bioética, propostas pelas novas fronteiras da biotecnologia. É o que revelou o secretário da Congregação para a Doutrina da Fé, Dom Angelo Amato.

O arcebispo Amato explicou que esse documento deverá atualizar a instrução Donum vitae, sobre o respeito à vida humana nascente e a dignidade da procriação, assinada pelo então Cardeal Joseph Ratzinger, quando prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, em 22 de fevereiro de 1987.

“A “Donum Vitae 2″ _ se podemos assim chamar o novo documento _ não está sendo concebida para abolir a precedente, mas para enfrentar as diferentes questões bioéticas e biotecnológicas propostas, no mundo de hoje. Questões que, 20 anos atrás, eram impensáveis” _ explicou Dom Amato ao jornal italiano, “L’Avvenire”.

O arcebispo adiantou que não há previsão sobre a data de publicação desse novo documento vaticano sobre bioética.

Fonte: Rádio Vaticano