A morte do patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Alexei II, causou “dor e tristeza” no Vaticano, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais da Santa Sé, que precisaram que, nas próximas horas, será divulgado um comunicado e os pêsames do papa Bento XVI.

À espera desse comunicado oficial, o secretário do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, Brian Farrell, afirmou hoje que Alexei II dirigiu a Igreja Ortodoxa Russa em um período de grandes mudanças, e soube fazer isso com “com senso de responsabilidade e amor à tradição russa”.

Alexei II morreu hoje aos 79 anos. Patriarca da Igreja Ortodoxa Russa desde 1990, nos últimos anos vinha sofrendo problemas de saúde.

Fonte: EFE