Vaticano
Vaticano

O diretor da Sala de Imprensa, Greg Bruke, desmentiu a existência de uma mediação por parte do Vaticano em qualquer tipo de processo de desarmamento nuclear. Assim, desmentiu a notícia que surgiu em alguns meios de comunicação italianos que afirmavam que existia uma mediação da Santa Sé no conflito entre Estados Unidos e Coreia do Norte.

Em um comunicado divulgado na segunda-feira, 30 de outubro, o Diretor da Sala de Imprensa assinalou que ao longo da próxima semana acontecerá um congresso organizado pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral sobre “Perspectivas para um mundo livre de armas nucleares e para o desenvolvimento integral”.

Nesse congresso serão abordados diferentes assuntos relacionados com o desarmamento nuclear à luz das palavras do Papa Francisco durante seu discurso ante a ONU no último mês de março.

O papa pediu naquele discurso a total eliminação das armas nucleares. “Ética e direito baseados na ameaça da destruição recíproca — e potencialmente de toda a humanidade — são contraditórios com o próprio espírito das Nações Unidas. Portanto, devemos comprometer-nos por um mundo sem armas nucleares, aplicando plenamente o Tratado de não proliferação, na letra e no espírito”, afirmou o Papa.

Fonte: ACI Digital