O papa Bento 16 nomeou o novo bispo de San Pedro, no Paraguai, para substituir Fernando Lugo, que renunciou para se candidatar à Presidência do país.

O novo bispo, Adalberto Martínez Flores, 55, foi trasladado da diocese de San Lorenzo, onde era o titular desde 2000.

San Pedro é uma das regiões mais pobres do país. Lugo atuava ali em comunidades de base e desenvolvia trabalho com os camponeses sem-terra.

Lugo renunciou à condição de bispo em dezembro, mas o Vaticano não aceitou o pedido. Ainda assim, ele é o político com melhor avaliação positiva no país para 83% dos paraguaios e tem uma taxa de rejeição de apenas 9%.

Mas a Constituição paraguaia proíbe a candidatura de sacerdotes de qualquer religião, o que deve provocar uma batalha jurídica. Lugo diz que não é mais padre e que sua renúncia basta.

Ele deve ser o candidato da Concertação, uma aliança de diversos partidos de esquerda, centro e até direita, que tentam dar fim a 60 anos de hegemonia do Partido Colorado no país.

Fonte: Folha de São Paulo