A final da primeira temporada do MasterChef Profissionais foi comemorada com uma expressão de fé e gratidão a Deus. Dayse Paparoto, conquistou o paladar dos jurados Henrique Fogaça, Erick Jacquin e Paola Carosella na madrugada desta quarta-feira (14) e foi a vencedora do programa exibido pela Band.

[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/right/top/smart/media.guiame.com.br/archives/2016/12/14/3036722817-dayse-paparoto.jpg[/img]Dizendo expressões de louvor a Deus, como “aleluia” e “glória a Deus”, a cozinheira de 31 anos fez questão de dar os créditos de sua vitória à sua fé. “Isso aqui é tudo para Ele, para o nome Dele”, disse ela segurando a taça.

Dayse faz parte da Igreja Metodista Renovada, localizada na zona sul de São Paulo. Sua vitória foi comemorada por uma torcida que foi organizada por seus amigos dentro do templo.

“É campeã! Que alegria! Porque veio Dele, foi por Ele e para Ele. Parabéns Paps! Você merece muito! Quase infartou todo mundo! #masterchefprofissionais #torcidaIMR #EleéFiel #Elehonra #minhaamigaémasterchef #ObrigadaDeus”, publicou no Instagram a amiga da cozinheira, Fabiane Braga.

Além do troféu de MasterChef Profissional, Dayse ganhou um prêmio de R$ 170 mil, um carro 0km, utensílios de cozinha e a ajuda de um mentor empresarial. Para a cozinheira de Mogi das Cruzes (SP), a vitória foi inesperada.

“A vitória foi surpreendente. Sou uma pessoa muito insegura, talvez essa experiência vá me ajudar a confiar um pouco mais em mim mesma”, ela declarou. “Elaborar o menu foi complicado porque é necessário harmonizar os pratos do começo ao fim. E pensar em tudo isso em apenas cinco minutos não foi fácil”.

Dayse já sabe o que vai fazer com o prêmio. “Vou quitar meu apartamento e quero viajar, se eu tiver férias. Espero também que o programa abra portas para eu possa ter meu próprio restaurante”, revelou.

[b]Fonte: Guia-me[/b]