A Câmara de Vereadores de Pelotas, no Rio Grande do Sul, cassou nesta quinta-feira o mandato do vereador Cláudio Insaurriaga (PV), o Cururu. Os parlamentares entenderam que ele faltou com o decoro parlamentar ao subir à tribuna da Casa com uma coroa de espinhos e realizar um suposto exorcismo.

Cururu fez o “exorcismo” depois que um caixão com bonecos de vodu, representando membros da mesa diretora da Câmara, foi encontrado no porão da Casa Legislativa. O vereador retirou os alfinetes que estavam cravados nos bonecos durante a sessão, que acabou sendo cancelada.

Fonte: Terra