O vídeo de uma transmissão da Igreja Mundial do Poder de Deus mostra o pastor Valdemiro Santiago em cima do palco após ser esfaqueado no pescoço durante um culto em um templo no Brás, no Centro de São Paulo. As imagens mostram o apóstolo sendo socorrido por seguranças após o ataque.

A cena foi vista por mais de 15 mil pessoas que estavam de pé na igreja e viram o apóstolo Valdemiro Santiago sendo retirado às pressas quando fazia a chamada imposição das mãos para abençoar os fiéis.

Ele foi amparado pelos seguranças e retirado do local pelo palco. O bispo que comandava o culto se assustou com o ataque. “Meu Deus. Cadê os seguranças aí, né?”, disse o bispo Jorge Pinheiro.

O pastor foi levado para o hospital Sírio Libanês e passa bem. Nas redes sociais, ele contou o que ocorreu. O homem que o atacou foi preso em flagrante, segundo informações do 8º Distrito Policial (Brás), com um facão. O agressor, que está desempregado, disse que teve uma discussão com o pastor há algumas semanas. Ele não tinha passagens pela polícia.

Segundo o boletim de ocorrência, o pastor foi atacado por um homem com uma faca por volta das 7h30, dentro da igreja localizada na Rua Carneiro Leão, no Brás.

O segurança do pastor contou à Polícia Civil que Jonhatan Gomes Higino, de 20 anos, encontrava-se na fila para receber oração, quando sacou uma faca e esfaqueou o pastor, sendo duas vezes nas costas e uma no pescoço. Ainda de acordo com a policia, o pastor foi conduzida ao Hospital Sírio-Libanês, na Zona Sul, onde foi atendido e liberado.

Jonhatan foi preso em flagrante. Aos policiais, ele afirmou ter esfaqueado o pastor por se sentir ameaçado. Ele disse que há cinco meses, estava na igreja e ouvi o pastor dizer que ele seria crucificado. A faca foi encaminhada para perícia e o caso registrado como tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

O apóstolo recebeu alta no próprio domingo e foi para casa, de onde mandou uma mensagem aos seguidores da igreja.

“Ninguém mexe com a minha fé, ninguém tira a minha fé. Provavelmente tenha sido até religioso quem mandou fazer isso, tá, mas não ore contra ninguém não, não funciona, ore a favor. Ore pra Deus abençoar o mandante, abençoar esse que fez”, disse em um vídeo.

[b]Fonte: Ariquemes online[/b]