O custo da visita do papa ao Reino Unido vai custar ao menos um terço a mais do que os 7,5 milhões de libras (cerca de R$ 20 milhões) inicialmente previstos, informou nesta segunda-feira o representante que coordena a participação do governo na visita.

Segundo Chris Patten, os custos devem chegar a 12 milhões de libras (R$ 32 milhões), sem contar policiamento.

O papa Bento 16 planeja fazer a primeira visita oficial de um papa ao Reino Unido começando em 16 de setembro, na Escócia, e terminando em 19 de setembro, na Inglaterra.

Patten disse em entrevista que os custos de policiamento são difíceis de se estimar, já que dependem de quantas pessoas vão comparecer aos eventos.

O arcebispo Vincent Nichols, líder dos Católicos na Inglaterra e no País de Gales, disse que a Igreja já arrecadou cerca de 5 milhões de libras (R$ 13,4 milhões) até o momento para sua parcela das despesas.

Patten disse que o custo público da visita é positivo se comparado aos 19 milhões de libras (R$ 51 milhões) gastos para um dia de encontro do G-20 em Londres.

Fonte: Folha Online