Equipes de voluntários já estão trabalhando num dos 12 municípios, dentre os 67 atingidos pelas cheias em Pernambuco, que decretaram estado de calamidade pública.

As chuvas que caíram no Estado na semana passada desabrigaram e desalojaram 85,6 mil pessoas, destruíram 14,1 mil casas, danificaram 142 pontes e comprometeram 4,4 mil quilômetros de estradas nas regiões do Agreste e Mata Sul do Estado.

O Programa Pernambuco Voluntário, instituído pelo governo estadual, transportou, ontem, os primeiros 20 voluntários que seguiram para a cidade de Palmares, a 120 Km de Recife.

Os voluntários são envolvidos em tarefas de apoio administrativo, distribuição de merenda, digitação, cuidado a idosos e crianças, recreação, cozinha e serviços gerais. Eles são transportados de manhã, por ônibus, e retornam à noite, depois de oito horas de trabalho.

O sítio web da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos recebeu mais de 250 cadastros, desde a segunda-feira. Voluntários serão levados, diariamente, aos 12 municípios mais atingidos pelas águas, pelo menos até o início de setembro.

Amanhã, a equipe multidisciplinar de profissionais integrada ao caminhão-ambulatório da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) começará suas atividades na cidade de Palmares.

“A situação é muito crítica e é grande a desilusão dos moradores. A grande quantidade de lama ainda impede a chegada do caminhão utilizado nesses atendimentos”, informou o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erni Seibert.

O caminhão conta com dois ambulatórios médicos e um espaço cultural, batizado de “Mundo da Bíblia”. Além do apoio na área médica, a equipe multidisciplinar também distribui Bíblias às vítimas da calamidade natural.

A SBB instalou um posto de coleta na sua Secretaria Regional de Recife. O posto recebe doações em dinheiro, água, alimentos não- perecíveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza.

Fonte: ALC