O ator americano Will Smith (foto), que está promovendo o filme “I Am a Legend”, saiu em defesa de seu amigo Tom Cruise e do fato de este pertencer à Igreja da Cientologia.

Em entrevista exibida hoje no programa de celebridades “Access Hollywood”, Smith disse que conheceu os dogmas da Cientologia através do próprio Tom Cruise.

“Eu sou um aprendiz da religião mundial. Cresci numa família batista e estudei num colégio católico. Mas 98% das idéias da Bíblia são iguais às do hinduísmo ou do budismo, por exemplo”, declarou Smith.

O ator também disse que quando se senta e conversa com Tom Cruise, se dá “conta de que (o colega) é uma pessoa com um grande espírito, comprometido com a mudança do mundo”.

“Há pessoas que o atacam, mas sem saber nada. Como alguém pode não saber nada da Cientologia e atacar outra pessoa? É perigoso e estúpido”, disse Smith.

Na entrevista, o astro de Hollywood também se perguntou: “Como eu posso condenar alguém por suas crenças se eu acredito que Deus nasceu de uma virgem grávida?” O ator também revelou que resolveu mergulhar no cinema quando descobriu que havia sido traído por sua primeira namorada.

“Estava tão desconsolado que achei que tinha sido traído porque não era o suficientemente bom. Lembro-me que tombei sobre a cama da minha mãe chorando e, então, tomei a decisão de que, se era o melhor no que fazia, não iria permitir que minha mulher fosse infiel”, disse.

Fonte: Último Segundo