Pastor Daniel Nunes, presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande, na Paraíba
Pastor Daniel Nunes, presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande, na Paraíba

O pastor Daniel Nunes, da Assembleia de Deus em Campina Grande, na Paraíba, renunciou ao cargo de Pastor Presidente da Convenção de Ministros da IEAD regional. A decisão foi tomada dias após uma polêmica gerada pela fala do religioso durante um culto na 63º Escola Bíblica de Obreiros (EBO) da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima (IEADALPE), em Pernambuco.

No início do mês, o religioso criticou as pessoas que saem das Assembleias de Deus e abandonam usos e costumes da denominação, mas se retratou.

A decisão dele foi divulgada em um comunicado da igreja, nesta quarta-feira (25).

“A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande e no Estado da Paraíba comunica nesta data que, em reunião da Diretoria da Igreja e Mesa Diretora da COMEAD-CGPB, o Pastor DANIEL NUNES DA SILVA, em decisão de cunho pessoal e em caráter irrevogável, RENUNCIOU ao cargo de Pastor Presidente da IEAD-CGPB e COMEAD-CGPB.”, diz o comunicado.

Ainda segundo o texto, haverá um culto de despedida no fim do mês.

“Convidamos a todos para participarem do culto de despedida que realizar-se no Templo Sede, no dia 30 de maio do corrente ano, às 19:00h.”

Entenda o caso

Durante a ministração da Palavra em Abreu e Lima, o líder religioso fez duras críticas a pessoas que saem das Assembleias de Deus e abandonam usos e costumes da denominação. O líder religioso chegou a chamá-las de “lixo” e “traste”.

“Nesses dias, lá em Campina Grande, chegou dessas igrejas Assembleias de Deus, que está por aí e que aceita tudo e corre para lá um monte de crente. Mulher que quer usar brinco, quer usar calça arrochada, homem que quer usar cabelo grande, que quer usar maquiagem. homem que quer usar brinco, corre tudo para lá. E eu estava dizendo para os pastores, essas igrejas são uma benção porque a gente vem e faz a limpeza nesses trastes e que está dando trabalho para gente e fica o que quer ser santo. Leva esses lixos para lá e deixa o que quer ser santo na palavra. Glória a Deus”, declarou.

A ministração do pastor Daniel Nunes gerou diversas críticas nas redes sociais. O pastor Silas Malafaia publicou um vídeo onde disse que Jesus é especialista em reciclar lixo, e reiterou que se um pastor identifica e reconhece que na sua igreja tem algum lixo, ele tem que tratar, pois a grandeza do Evangelho é transformar pessoas.

Após a polêmica, o pastor Daniel Nunes publicou um vídeo nas redes sociais se retratando sobre a sua declaração na 63º Escola Bíblica de Obreiros (EBO) da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima (IEADALPE).

Após o pedido de perdão, Silas Malafaia também publicou um vídeo parabenizando o pastor Daniel Nunes. “Quero dizer que o senhor cresceu muito no meu conceito. Sabe por quê? Porque eu apendi que a grandeza de um ser humano não são seus acertos, mas reconhecer seus erros e corrigir suas rotas”, iniciou Malafaia no vídeo.

Folha Gospel com informações de Fuxico Gospel, Pleno News e TV Jornal

Comentários