Colisão entre Focus e Uno correu no Centro de Cuiabá e deixou um pastor e sua esposa mortos.

Duas pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas, num acidente entre dois veículos, na noite de sexta-feira (27), no Centro da Capital.

No choque entre um Fiat Uno e um Ford Focus, morreram o pastor evangélico Amauri de Oliveira, 46, a esposa dele, Evenilda Silva Ferreira de Oliveira, 45, que estavam no banco da frente do automóvel.

No banco de trás, ficaram feridos Rosária Assunção Nunes dos Santos, 40, o filho dela, José Eduardo, 8, Erika Ferreira Siqueira, 32, e um bebê de um ano e oito meses. Todos eles sofreram ferimentos leves.

Todos foram levados ao Pronto-Socorro de Cuiabá (PSC). O acidente ocorreu, por volta das 23 horas.

Segundo o relato de testemunhas, o Fiat Uno seguida pela Rua Comandante Costa e, no cruzamento com a Rua Voluntários da Pátria, foi atingido em cheio na lateral do passageiro pelo Focus, dirigido por Muriacy Ventura Júnior, 30, que saiu ileso.

No Focus viajava outra pessoa que também não se feriu, pois o airbag foi acionado.

O choque foi tão violento que a lateral do Uno afundou e foi parar na frente de uma loja de produtos para casamento. A frente do Focus ficou destruída.

Segundo policiais do Cisc do Planalto, o cruzamento já registrou muitos acidentes. Antes a preferencial era dos veículos que trafegavam pela Rua Comandante Costa, mas o sistema foi alterado recentemente, passando a Rua Voluntários da Pátra a ser via preferencial.

Os policiais informaram que o pastor havia saído de uma reunião, no bairro Santa Cruz, e iria buscar a filha na faculdade. Ele atuava na Igreja Assembléia de Deus.

[b]Fonte: Midia News[/b]