A Aliança de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da América Latina (AIPRAL), através de sua Secretaria Regional, convocou as comunidades membros a se solidarizarem com as igrejas atingidas pelo terremoto que atingiu o Chile na quarta-feira, 14.

A nota, assinada pelo reverendo Germán Zijlstra, anima as igrejas irmãs do Chile e suas comunidades a redobrarem “os esforços para levar a esperança que nos outorga o Espírito do Ressuscitado em meio a situações de dor e subversão. Por nossa parte, desejamos assegurar nosso apoio e companhia solidária e nossas orações ao Senhor da Vida em plenitude para toda sua criação.”

O terremoto de 7,7 graus na escala Richter sacudiu o norte do Chile, provocando a morte de duas pessoas e deixando dezenas de feridos e estragos materiais. O ministro porta-voz do governo chileno, Ricardo Lagos Weber, disse que há cerca de quatro mil casas danificadas e 15 mil desabrigados. A localidade de Tocopilla foi a mais afetada pelo terremoto, junto a vizinha localidade mineira de María Elena, que apresenta um panorama desolador com 70% das moradias prejudicadas.

A carta de AIPRAL menciona o texto bíblico do apóstolo Paulo: “Sabemos que até agora a criação inteira se queixa e sofre como uma mulher com as dores do parto. E não só ela sofre, mas também nós, que já temos o Espírito como antecipação do que vamos receber. Sofremos profundamente, esperando o momento de ser adotados como filhos de Deus”.

Fonte: ALC