Cerca de 30 bispos e arcebispos anglicanos, opostos à linha liberal da Igreja no que se refere à homossexualidade, recusaram hoje a proposta do Vaticano de se converter ao catolicismo, considerando que “não é momento de abandonar” a sua religião.

“Estamos convencidos de que não é o momento de abandonar a comunhão anglicana”, declarou o arcebispo nigeriano Peter Abuja, presidente da Gafcon (Conferência para um Futuro Global do Anglicanismo), em comunicado colocado no portal on-line do movimento.

Estes anglicanos dizem estar “profundamente agradecidos” ao Papa pela sua “amável” proposta: “Lamentamos, no entanto, que a crise atual na nossa querida comunhão anglicana tenha permitido uma tal proposta sem precedentes”, afirmou Peter Abuja.

Fonte: Lusa