Parado por 45 dias por causa de uma pubalgia, Kaká, conhecido por expressar sua fé evangélica, teve neste sábado uma volta triunfal aos gramados pelo Real Madrid. Relacionado após um mês e meio fora da equipe, viu do banco a equipe merengue, com um jogador a mais, ceder o empate ao fraco Zaragoza. Lançado a campo, ele precisou de 7min para desempatar o jogo e dar a vitória ao Real por 2 a 1, fora de casa.

A boa atuação do meia Kaká no seu retorno aos gramados pelo Real Madrid provocou reações imediatas na diretoria do clube espanhol. O jogador brasileiro, que saiu do banco de reservas para marcar o gol da vitória por 2 a 1 diante do Zaragoza, neste sábado, pelo Campeonato Espanhol, foi elogiado publicamente pelo diretor-geral Jorge Alberto Valdano. Kaká estava 45 dias afastado dos gramados, por lesão.

Segundo o dirigente, Kaká conseguirá reverter todas as críticas recebidas desde a sua chegada ao Real. “Ele fará com que todos mudem de opinião por causa das suas atuações dentro de campo, como fez em toda a sua vida. Não estamos falando de um jogador qualquer. Estamos falando de um Bola de Ouro”, disse Valdano, em entrevista dada ao GolTV, pouco depois do término da partida. “As críticas que ele vem recebendo me parecem gratuitas, injustas e ofensivas para um jogador do seu profissionalismo e de sua nobreza”.

Valdano disse, ainda, que a direção do Real Madrid nunca teve dúvidas sobre o talento de Kaká. “É um jogador que teve um problema no púbis e trabalha da manhã à noite para se recuperar. O Kaká é um profissional muito sério e dedicado”. Valdano também elogiou o desempenho do capitão Raúl, que abriu o placar a favor do Real Madrid na etapa complementar. “Pouco antes de ser substituído, ele encontrou um lugar para fazer o gol e comemorar de maneira passional. Esse é o espírito do Real Madrid. E Raúl reflete isso”, analisou Valdano.

Com a vitória suada, a equipe de Madri não deixa o Barcelona escapar na ponta do Campeonato Espanhol. Os catalães tem 87 pontos, contra 86 do Real Madrid, faltando quatro rodadas para o final da competição. O Valencia, terceiro, já não tem mais chances de brigar pelo título espanhol.

O Real Madrid tem ainda dois jogos em casa e outros dois fora. Primeiro recebe o Osasuna no próximo final da semana, em seguida vista o Mallorca, pega o Bilbao no Santiago Bernabeu e fecha a competição jogando contra o Málaga fora de casa. Já o Barcelona ainda joga contra Villareal (fora), Tenerife (casa), Sevilla (fora) e Valliadolid (casa).

Fonte: UOL