Além de ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato o pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, conseguiu outros dois “milagres” só neste mês: os templos voltaram a ficar lotados e ele já obteve os R$ 8 milhões que pediu aos fiéis para bancar um mês de seu canal, a Rede Mundial.

Conforme a coluna do Ricardo Feltrin, do UOL antecipou, Valdemiro iniciou a campanha de doação para a TV logo após ter alta do ataque sofrido de um fiel, que o atingiu a golpes de facão.

[img align=left width=300]http://www.tribunadojurua.com.br/wp-content/uploads/2014/10/pastor-valdemiro.jpg[/img]Em um dos programas de seu canal 32.1 UHF (também presente na Net no canal 25), Valdemiro pediu que 8.000 de seus seguidores aceitassem o “desafio” de doar R$ 1.000 para ajudar na tele-evangelização.

Segundo a coluna do Ricardo Feltrin apurou, na semana passada a meta já havia sido não só alcançada, mas superada.

Segundo o pastor, R$ 8 milhões seria o custo mensal para bancar a emissora por cerca de um mês, mas provavelmente esse valor deve cobrir também as operações das muitas rádios que a Mundial tem espalhadas pelo país.

Outro “milagre” relatado por fontes da igreja à coluna é que, após o ataque, os templos da Mundial voltaram a ficar lotados como ocorria cerca de cinco anos atrás..

Não há dados exatos sobre o número de fiéis da igreja de Valdemiro Santiago. A última mensuração oficial (do IBGE) data de 2010 e apontava então 315 mil fiéis.

Porém, esse número certamente é muito maior, já que há muitos evangélicos que se recusam a dizer que linha seguem. A igreja está instalada em cerca de 20 países.

[b]Ataques[/b]

Em março de 2012, auge da expansão da Mundial, Valdemiro foi duramente atingido por uma reportagem-denúncia da Record (“Domingo Espetacular”), que o acusou de desviar dinheiro de dízimo para compra de bens particulares, inclusive uma enorme fazenda com milhares de cabeças de gado.

A denúncia gerou uma investigação múltipla de promotores, procuradores, polícia e, o pior, da Receita Federal, que o autuou. Nos meses seguintes, Valdemiro ainda sofreria outro tipo de ataque –dessa vez da Igreja Universal.

Emissários de Edir Macedo iniciaram um agressivo processo de compra de horários em emissoras abertas, pagando valores bem maiores que os da Mundial. Com isso, a igreja de Valdemiro acabou sendo “expulsa” dos grandes canais.

Ao mesmo tempo, após a denúncia, muitos fiéis desconfiados abandonaram as fileiras de Valdemiro e muitos templos foram fechados (a igreja estima ter cerca de 5.000 deles).

Com o violento ataque sofrido a facão no início do mês, a situação se reverteu e a igreja voltou a atrair seguidores, segundo esta coluna apurou.

Na última quarta-feira, em mais um caso envolvendo o religioso, ele foi resgatado de um barco que estava à deriva no litoral de São Paulo, após pane elétrica.

[b]Fonte: Coluna de Ricardo Feltrin – UOL[/b]