O arcebispo emérito anglicano e Prêmio Nobel da Paz em 1984, Desmond Tutu, afirmou ontem que está “muito bem”, apesar do reaparecimento do câncer de próstata do qual sofre há anos. Tutu, 85 anos, é uma das figuras mais respeitadas na África do Sul.

Ele divulgou um comunicado para responder às recentes reportagens do jornal britânico “The Times” que falam sobre sua luta contra o câncer.

“O artigo sugere que a reaparição do meu câncer de próstata é muito recente”, diz o arcebispo emérito da Cidade do Cabo. Tutu foi diagnosticado com a doença em 1996, e, apesar de ter conseguido vencê-la na ocasião, o câncer voltou a aparecer há um ano.

No comunicado, Tutu diz que está recebendo tratamento hormonal desde o começo do ano passado e agora está “muito bem”. “Estou muito comovido com as expressões de preocupação em favor da minha recuperação”, disse o líder religioso na mensagem.

Nos últimos dias, Tutu visitou Londres para participar de vários atos acadêmicos. Em abril, o arcebispo esteve em Taiwan e, em junho, viajará à Noruega, à Bélgica e à Irlanda do Norte.

Os médicos que atendem Tutu pediram que este reduza suas atividades.

Fonte: Terra