A Austrália realizará uma investigação nacional sobre as respostas institucionais às denúncias de abuso sexual infantil que envolvem sacerdotes, anunciou esta segunda-feira a primeira-ministra, Julia Gillard.

O anúncio de Julia Gillard foi feito depois de um chefe da polícia ter denunciado que a Igreja Católica havia destruído provas e silenciado investigações no Estado de Nova Gales do Sul.

“Foram feitas revelações de que os abusadores de crianças são levados de um local para o outro sem que os crimes e abusos sejam investigados”, disse Gillard.

“Acredito que nestas circunstâncias é apropriado que haja uma resposta nacional”, acrescentou a primeira-ministra, que esclareceu que a comissão de investigação não tem como alvo apenas a Igreja Católica.

[b]Fonte: Diario Digital – Portugal[/b]