O ministro timorense das Relações Exteriores, Zacarias da Costa, revelou que e o papa Bento 16 poderá visitar o Timor Leste em 2010.

Costa iniciou, neste sábado, as negociações com o secretário do Vaticano para as Relações com os Estados, arcebispo Domenique Mamberti, sobre um acordo diplomático que será assinado entre os dois Estados.

“Solicitei também ao monsenhor Mamberti que visitasse o Timor Leste como preparação de uma possível visita do santo padre ao país, cujo o convite foi feito já na altura do presidente Xanana Gusmão e depois, posteriormente, pelo presidente Ramos-Horta no ano passado “, disse o ministro timorense.

“Há a confiança da nossa parte que a visita possa ser feita no próximo ano ao Timor Leste e concordamos em olhar para datas, talvez já março, para a visita do arcebispo Domenique Mamberti”, declarou Costa.

“Também manifestei o meu regozijo pelo Vaticano já ter nomeado o seu representante no Timor Leste, monsenhor José Leite Nogueira, um português que já está há muitos anos no Vaticano e que tive o privilégio de ser colega num seminário em Braga”, disse Zacarias da Costa.

O ministro timorense das Relações Exteriores disse ainda que discutiu com o arcebispo Mamberti “a situação político-econômica e social do Timor Leste, a situação da região e a possível criação de uma terceira diocese no país”.

Zacarias da Costa informou também que tratou de aspectos do acordo diplomático que será assinado pelos dois Estados, mas não quis adiantar detalhes da negociação.

Segundo o chanceler timorense, as negociações do acordo entre o Timor Leste e o Vaticano devem se prolongar entre seis meses e um ano.

O papa João Paulo 2º visitou Díli em 1989, quando o Timor Leste se encontrava sob ocupação indonésia.

Fonte: Lusa