O presidente do Comitê para as Migrações, da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, Dom Gerald Richard Barnes, bispo de San Bernardino, lançou um apelo ao governo, à opinião pública e à Igreja Católica, convidando-os a trabalhar juntos, para pôr fim à pratica do tráfico de seres humanos.

Definindo o tráfico de seres humanos como um “terrível crime contra a dignidade humana fundamental e os direitos da pessoa”, a nota de Dom Barnes solicita ao Congresso norte-americano que prorrogue a lei “Ato de Proteção às Vítimas do Tráfico de Seres Humanos” (TVPA), cujo prazo de validade expira em outubro próximo. “Essa lei deveria ser novamente autorizada, adequadamente financiada e maciçamente incrementada” _ observa o bispo.

Na nota, Dom Barnes pede ainda, ao governo, “medidas de assistência para as vítimas”, particularmente para as crianças, “as mais vulneráveis em longo prazo, aos horrores desse crime”.

O prelado recorda que à Igreja “cabe um papel-chave, no educar os católicos e as pessoas de boa vontade a combaterem esse crime”.

Concluindo, exorta: “Devemos trabalhar juntos _ Igreja, Estado e comunidade _ para eliminar as causas radicais e os mercados que permitem a existência e o desenvolvimento do tráfico de seres humanos” e para “fazer com que esse crime nefando desapareça, o mais rápido possível, da face da Terra”.

Fonte: Rádio Vaticano