O presidente venezuelano Hugo Chávez afirmou neste domingo que o Vaticano deveria aceitar que o Papa cometeu um erro ao fazer comentários sobre o Islã.

“João Paulo II reconheceu os erros da Igreja”, afirmou ele numa entrevista à televisão local. “O Vaticano deu explicações, mas elas não foram muito convincentes e isso gerou reações violentas. O mundo muçulmano é muito sensível. É preciso ter muito cuidado nas declarações, principalmente uma pessoa como o Papa, que tem muito peso em suas palavras”, acrescentou.

Fonte: AFP