Os cerca de 700 chefes tribais, religiosos e políticos de Afeganistão e Paquistão reunidos em Cabul em uma “jirga” (assembléia) de paz retomaram neste sábado suas negociações sobre a forma de se combater o extremismo talibã em ambos os lados da fronteira, anunciou um porta-voz.

Para esta terceira jornada de conversações os participantes se dividiram em grupos de trabalho a portas fechadas.

Esta “jirga” é um acontecimento excepcional, já que reúne pela primeira vez os chefes tribais das regiões fronteiriças de ambos os países.

A “jirga” a princípio deve adotar estratégias comuns para a luta contra os rebeldes fundamentalistas e a influência da al-Qaeda na região.

O encerramento da reunião, previsto para domingo, deve contar com a participação dos presidentes do Afeganistão e do Paquistão, Hamid Karzai e Pervez Musharraf, respectivamente.

Este último não pôde comparecer à abertura oficial da assembléia, na quinta-feira, oficialmente por “compromissos” em seu país. Em seu lugar enviou o primeiro-ministro, Shaukat Aziz.

Fonte: AFP