O senador Marcelo Crivella (RJ) saudou o PCdoB na sessão desta quarta-feira (28) em que o Senado homenageou o transcurso dos 85 anos da agremiação comunista, fundada em 25 de março de 1922.

. Em seu pronunciamento, Crivella ressalvou que, embora seja evangélico, reconhece a importância da pregação comunista do PCdoB para o desenvolvimento social do Brasil.

– Alguns dirão: ‘Mas o senhor é cristão, um homem da Bíblia, um homem do Evangelho’. Mas não há cartilha mais comunista que o Evangelho – sustentou, elogiando a luta histórica da militância do PCdoB por um Brasil mais justo.

Crivella destacou ainda a luta do PCdoB contra sistemas políticos arraigados no passado e ainda presentes no quadro sociopolítico do Brasil, como o poder do latifúndio e do coronelismo. Lembrou ainda o enfrentamento do PCdoB à permanência da prática da escravização dos bóia-frias, “querecebem apenas o trabalho e não usufruem da riqueza”.

Fonte: Agencia Senado