A Câmara Municipal de Curitiba aprovou projeto de lei instituindo o Dia do Luterano, que será lembrado em 31 de outubro, data festiva para os protestantes em alusão à apresentação das 95 teses afixadas pelo monge agostiniano na porta da igreja do castelo de Wittenberg, na Alemanha.

O projeto é do vereador Jorge Bernardi, do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que apontou, na justificativa, o trabalho evangélico no campo social e educacional, como o Colégio Martinus, fundado em 1866, a Casa do Estudante, a Faculdade de Teologia, o Lar Ebenezer, o Hospital Evangélico.

Também é do vereador Bernardi a proposta de introduzir a Semana do Presbiterianismo, em agosto, denominação que “vem abençoando a sociedade brasileira com escolas, universidades e formação de cidadãos transformados pela graça de Deus”. O projeto de lei também foi aprovado. A votação foi acompanhada por pastores presbiterianos e luteranos.

Fonte: ALC