Jesus voltará à Terra para dizer que não é o filho de Deus, não foi crucificado e muito menos ressuscitou dos mortos, e ainda converterá o mundo inteiro ao islamismo.

Pelo menos na teoria de Adnan Oktar, uma das personalidades mais conhecidas entre os muçulmanos.

Oktar é um escritor e apresentador de TV considerado influente entre os seguidores do islã, e recentemente concedeu um depoimento no documentário “A Testemunha do Fim dos Tempos”, produzido pela WND Films.

O escritor reafirmou a crença do islamismo que o Messias – a quem chamam de Mahdi – ainda virá ao mundo, e que Jesus – ao contrário do que creem os cristãos – voltará à Terra para convencer seus seguidores de que as crenças sobre sua divindade estariam erradas.

“Cristo fará o mundo saber que ele é muçulmano e irá tentar converter todos os ‘não-crentes’ ao islamismo”, afirmou Oktar, ressaltando que Jesus será enfático em seu apoio ao islã.

Adnan Oktar ainda acrescentou que o Mahdi terá a ajuda de “gênios” – entidades sobrenaturais que podem ser bons ou maus – na missão de propagar a fé muçulmana: “Sim, o Mahdi irá se comunicar com os gênios. Mahdi é o líder de ambos os gênios e dos homens. Os gênios muçulmanos que acreditam em Deus irão ajudar os islâmicos a prevalecerem em todo o mundo”, afirmou Adnan Oktar.

A ideia de um Jesus Cristo muçulmano soa absurda a um cristão, mas entre os seguidores do islamismo é bastante comum, e Adnan Oktar é um dos principais divulgadores dessa crença. O escritor e apresentador possui milhões de telespectadores na Turquia, Ásia Central, Rússia, Europa e países árabes.

Para Christian Joel Richardson, produtor do documentário, Oktar poderia convencer milhões de pessoas com sua mensagem sobre Cristo: “É a primeira vez que escuto isso pessoalmente”, disse Richardson, antes de exemplificar o tamanho da influência do escritor: “[Oktar] afirma estar totalmente alinhado com o presidente da Turquia. Ele diz que o presidente o escuta e segue os seus conselhos”, ponderou.

[b]Fonte: Gospel +[/b]