Zannah Marsh e Rodrigo de Benito, estudantes do Programa de Telecomunicações Interativa da Universidade de Nova York, criaram um projeto que traz os temidos bonecos de vodu para a era da tecnologia: conectado a uma rede sem fio, ele manda maldições via e-mail ou SMS, e ainda liga para o celular da “vítima”.

Batizado de TelePricker VooDoo Buddy a invenção foi apresentada na feira de artes ITP 2008, que aconteceu entre os dias 12 e 13 de maio em Nova York, e traz um boneco estilizado que com recursos de conectividade wireless segue a mesma tradição de fazer mal para uma pessoa espetando um boneco que a representa.

Segundo o site Gizmodo, o VooDoo Buddy pode representar qualquer vítima e, por ser conectado a uma rede sem fio, ao ser espetado manda maldições cibernéticas por email, SMS e ainda pode fazer ligações para o celular da “vítima”.

O vídeo registrado pelo Gizmodo, que pode ser acessado pelo atalho http://tinyurl.com/5hktwy, mostra outro lado interessante do modelo que, ao ser abusado com múltiplas perfurações seguidas é capaz de fazer com que o feitiço vire contra o feiticeiro, usando uma câmera embutida no rosto do boneco para tirar uma foto do “voduzeiro” e enviá-la para a vítima.

Mais fotos e detalhes da criação podem ser vistas no site oficial do projeto, em http://www.telepricker.com/, que ainda não tem eficiência comprovada, conforme declarações da criadora Zannah Marsh.

Fonte: Terra