Para que a próxima novela do SBT, “Revelação”, dê ibope, até a fé foi escalada: um grupo evangélico, formado por membros da Igreja Vida Nova, tem se reunido nas últimas semanas para fazer uma “corrente de oração” para que a novela dê certo, “seja abençoada”.

A obra é a primeira teledramaturgia de Íris Abravanel, mulher de Silvio Santos, o dono do SBT. Deve estrear na segunda quinzena de junho.

O grupo evangélico de Íris tem se reunido todas as semanas na casa de Silvio Santos, judeu tolerante. Ele não se importa com as reuniões, embora jamais tenha participado. As filhas do empresário também estão na igreja.

Nas orações semanais, os fiéis pedem “luz e inspiração” para Íris, especialmente na construção de personagens. Líderes da igreja Vida Nova acreditam que a novela será um “veículo para a fé”.

Dinheiro, pelo menos, não falta à produção. Silvio Santos mandou erguer duas cidades cenográficas para a novela de sua mulher. Uma parte da trama vem sendo gravada em Jundiaí. É lá que vai morar o núcleo pobre. Na semana que vem, a emissora também abre sua cenografia no complexo Anhangüera. A cidade de Itu inspirou alguns cenários e também será palco de locações.

É a primeira produção dramática 100% brasileira do SBT após o contrato assinado com a Televisa, na década passada. Até então a emissora só podia exibir textos hispânicos da parceira mexicana. o SBT não divulga o enredo ou custos.

Fonte: UOL