A 16ª edição do Congresso do Diaconato do Evangelho Quadrangular reuniu ontem uma multidão no ginásio de esporte da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

O evento é promovido anualmente com o objetivo de debater a importância dos diaconatos (membros que auxiliam os pastores) no crescimento da igreja evangélica.

De acordo com o pastor Manoel dos Prazeres, coordenador estadual do congresso há 15 anos, a participação dos fiéis no evento vem crescendo a cada ano. ‘Recordo que na primeira edição do congresso foram apenas 338 inscritos, mas esse número aumentou nos últimos anos. Estou na coordenação há 15 anos e acompanhei de perto esse crescimento.

Neste ano foram mais de três mil inscritos nos dois dias de programação, o que já era esperado pela coordenação, pois trabalhamos bastante na divulgação do evento nos municípios do Estado. Temos pessoas vindas de Castanhal, Barcarena, Marabá, entre outros’, disse Manoel, que destacou a importância da participação de diaconatos de outras localidades do Pará. ‘É um congresso estadual que reúne evangélicos de diversas localidades do Estado e isso é muito bom, pois é uma forma de interagir com irmãos do evangelho quadrangular de outros municípios. Tem pessoas que não se conhecem e que passam a fazer amizade aqui no congresso’, afirmou o pastor.

A presença de diaconatos jovens também animou a coordenação do evento. ‘Este ano tivemos uma boa participação de pessoas jovens, que estão se dedicando no trabalho como diaconatos. É muito bom saber que a juventude também está envolvida nesse momento de oração e louvor’, comentou. Maria da Silva Ribeiro, de 39 anos, veio do município de Barcarena com toda família para prestigiar o congresso. ‘Venho todos os anos, pois acho importante promover a unidade do povo de Deus. Desde quando ingressei na igreja Quadrangular, há 10 anos, que faço questão de participar do congresso’, declarou a evangélica.

Fonte: Amazônia Jornal