Pedofilia na igreja
Pedofilia na igreja

A justiça condenou nesta quinta-feira a 18 anos de prisão um ex-padre católico britânico, acusado de abusos sexuais cometidos há cerca de 40 anos contra 10 crianças, mais de um ano depois de sua prisão que colocou fim a uma longa fuga.

Ao pronunciar a condenação, o juiz considerou que a conduta de Andrew Soper, de 74 anos, constituía “o abuso de confiança mais terrível”.

“Você subverteu as regras da ordem beneditina e os ensinamentos da Igreja católica”, afirma. “Sua desgraça é completa”, acrescentou.

No começo do mês, o ex-padre foi reconhecido culpado por 19 acusações por estupros e abusos sexuais cometidos entre 1975 e 1982 no estabelecimento privado católico “St Benedict’s School”, situado em Ealing Abbey, no oeste de Londres, onde dava aula a crianças e adolescentes de entre 11 e 14 anos econtinuou trabalhando até 1991.

A escola privada, que cobra aproximadamente 5.000 libras (cerca de 6.690 dólares) por trimestre, já passou por outros escândalos sexuais envolvendo crianças.

Após um informe britânico independente que revelou 21 incidentes relacionados com abusos cometidos por padres entre 1970 e 2010, o estabelecimento pediu perdão e aceitou recomendações para mudar seu funcionamento com o objetivo de proteger os alunos.

Fonte: Exame.com