“Meu futuro está nas mãos do Deus que eu adoro.”, disse o ex-presidente do EUA e vencedor do prêmio Nobel da Paz de 2002.

O ex-presidente americano Jimmy Carter anunciou que começará tratamento de radiação nesta quinta-feira (20), depois que foram detectados tumores cancerígenos no cérebro.

“Fizeram uma ressonância magnética e encontraram quatro pontos de melanoma em meu cérebro”, afirmou o ex-presidente e Prêmio Nobel da Paz de 90 anos à imprensa.

Ele também disse estar bem e tranquilo. “Meu futuro está nas mãos do Deus que eu adoro.”

Em 3 de agosto, Carter passou por uma operação para a remoção de um câncer no fígado.

Carter disse que os médicos que tratam dele no hospital universitário Emory em Atlanta realizarão vários testes nos próximos meses para determinar qual foi a origem do câncer.

“Vou ter de reduzir, dramaticamente, minhas obrigações”, disse Carter, que sempre se manteve muito ativo desde que deixou a presidência. (Com agências internacionais)

[b]Biografia[/b]

Jimmy Carter nasceu em uma família batista, que viveu no estado da Geórgia por gerações. Seu bisavô, Private L.B. Walker Carter (1832–1874), serviu ao Exército dos Estados Confederados, que defendia a causa escravagista. Sendo oriundo de uma família sulista tradicional, ela tinha interesses no setor agrícola e plantadora de amendoins – negócio no qual ele prosperaria .

Após se formar pela Academia Naval de Annapolis em 1946, casou-se com Rosalynn Smith, depois Rosalynn Carter. Deste matrimônio nasceram quatro filhos: John William (Jack), James Earl II (Chip), Donnel Jeffrey (Jeff) e Amy Lynn.

Jimmy Carter iniciou sua carreira servindo em vários conselhos locais, que rege as entidades como escolas, hospitais e bibliotecas, entre outros. Na década de 1960, ele cumpriu dois mandatos no Senado da Geórgia a partir do décimo quarto distrito da Geórgia. Foi governador do seu estado natal, de 1971 a 1974.

James Earl “Jimmy” Carter, Jr. é um político e ex-militar norte-americano – tendo sido o 39° presidente dos Estados Unidos e vencedor do prêmio Nobel da Paz de 2002, o único presidente de seu país a ter vencido o prêmio após deixar o cargo.

[b]Fonte: UOL[/b]