A fase diocesana do processo de beatificação de Albino Luciani, o Papa João Paulo I, que morreu no dia 28 de setembro de 1978, depois de 33 dias de pontificado, “está prestes a ser concluída”.

A declaração foi dada pelo postulante da causa, monsenhor salesiano Enrico Del Covolo, a quem o processo de beatificação foi confiado no dia 9 de dezembro de 2003.

A causa havia sido aberta oficialmente em Belluno, na região de Vêneto, no Norte da Itália, no dia 26 de novembro de 2003.

– A data do fim da fase diocesana foi estabelecida para o próximo dia 11 de novembro – disse Del Covolo. – A cerimônia provavelmente será na catedral, sob a presidência do bispo local e a presença do tribunal eclesiástico competente. Logo a documentação reunida, especialmente lacrada, me será confiada e enviada à Congregação para a causa dos santos.

Foram consideradas, através do envio de um questionário, “cerca de setenta testemunhas das dioceses de Vittorio Veneto e Veneza”.

O Papa Luciani, chamado de João Paulo I, foi sucessor de Paulo VI, mas faleceu depois de apenas 33 dias de pontificado. Como Papa, Luciani adotou o nome de João Paulo, que combinava os de João XXIII e Paulo VI, reunindo progressismo e tradição.

Após sua morte, Karol Wojtyla foi proclamado Papa, no dia 16 de outubro de 1978, escolheu o mesmo nome de seu antecessor, e se manteve à frente da Igreja Católica até que faleceu em abril de 2005.

Fonte: Globo Online