Um grupo da segurança algeriana especializada em lidar contra atividades evangelísticas planeja criar uma “Comissão para Lutar contra a Cristianização” e pretende apresentar o plano ao presidente algeriano, “de modo a encorajar o governo para que ele não seja fracos diante da cruzada.”

A Argélia é um estado secular, com 99% de muçulmanos sunitas. Por isso a maioria dos cristãos é formada por ex- muçulmanos e o número deles cresce cada vez mais.

A expansão do cristianismo, principalmente em algumas regiões do leste e sul da Argélia, deu origem a reclamações de radicais islâmicos sobre a aproximação “suave” do governo junto às igrejas.

Segundo eles,”a evangelização crescente pode ser altamente prejudicial para a unidade do país e a construção do caráter muçulmano puro do povo algeriano.”

A Sociedade de Estudantes Muçulmanos (SOMS, sigla em inglês) publicou um relatório sobre a “campanha de evangelização cristã”, descrevendo a expansão cristã como “um ataque ao povo algeriano”.

Pedidos de oração:

– Louve a Deus pelo crescimento da Igreja na Argélia. Ore para que o governo algeriano não seja influenciado pelos esforços destes grupos islâmicos contra os cristãos

– Ore pelos cristãos convertidos do islã e peça para que o Senhor os fortaleça na fé

Fonte: Portas Abertas