Um espanhol atrasou a decolagem de uma aeronave em mais de uma hora e 30 min depois de assustar os outros 147 passageiros dizendo que todos iriam morrer. Segundo a agência EFE, mesmo depois do fim do incidente, quatro pessoas se recusaram a seguir viagem no avião.

A aeronave, que ia de Málaga (Espanha) para Edimburgo (Escócia), teve que dar a volta na pista antes de decolar. Autoridades aeroportuárias afirmaram não entender como o comandante permitiu que o protagonista da confusão continuasse a viagem até a Escócia após o ocorrido.

Os quatro passageiros influenciados pelo espanhol não tiveram outra solução se não aguardar o vôo seguinte.

O autor da confusão foi revistado pela polícia e suas malas, que já estavam na aeronave, foram retiradas, revistadas e colocadas novamente no avião.

Fonte: Terra