A igreja católica voltou a atacar a saga adolescente “Crepúsculo” por conta do lançamento do segundo filme da série, “Lua Nova”. O monsenhor Franco Perazzolo, representante do Vaticano, disse que o filme passa uma mensagem errada para os jovens.

Segundo o “Popcrunch”, Perazzolo disse que o tema de vampiros abordado em “Crepúsculo” combina excessos e pode ser prejudicial aos jovens. Além disso, o monsenhor ainda criticou a mensagem esotérica passada pelo longa baseado nos livros de Stephanie Meyer. “Homens e mulher são transformados com máscaras horríveis e mais uma vez usam esse velho truque ou fórmula ideal de extremos para causar impacto nas bilhetiras”, afirmou Perazzolo ao “Daily Express”.

Perazzolo disse ainda que o filme não passa de um “vácuo moral com uma mensagem desviante, e como tal, é algo que deve ser motivo de preocupação”.

“Lua Nova” estreou nesta sexta-feira (20) nos cinemas de todo o mundo e é o segundo livro da saga vampiresca escrita por Stephanie Meyer. O longa é estrelado por Robert Pattinson (Edward Cullen), Kristen Stewart (Bella Swan) e Taylor Lautner (Jacob).

Fonte: Abril