A igreja apresentou uma denúncia pelos atos, demitiu a auxiliar e garantiu que espera recuperar parte do dinheiro roubado pela ex-funcionária.

A Igreja Católica francesa foi vítima de um desvio de fundos de 300 mil euros (cerca de R$ 670 mil), feito por uma mulher que trabalhava nos serviços de contabilidade, informou nesta terça-feira a Conferência Episcopal do país.

O roubo aconteceu entre 2008 e 2009, e os recursos desviados iam para “a conta pessoal de uma auxiliar do serviço de contabilidade da Conferência Episcopal”, segundo um comunicado do órgão que agrupa os bispos.

Segundo o jornal “Le Parisien”, o desvio de dinheiro foi constatado nos recursos procedentes da União de Associações Diocesanas da França e da verba com a qual se mantém a sede parisiense da Conferência Episcopal.

O secretário-geral da Conferência Episcopal, Antoine Herouard, lamentou que o roubo tenha atingido doações de fiéis, e considerou “lamentável” que alguns se aproveitem da caridade dos franceses.

[b]Fonte: Folha Online
[/b]