Duas mulheres, uma delas grávida de oito meses, foram presas na segunda-feira acusadas de participar de uma tentativa de assalto à Capela de São Benedito, em Pirapora do Bom Jesus, na Grande São Paulo.

Elas atuavam como “olheiras”, enquanto dois homens tentavam arrombar a porta da igreja. Os suspeitos fugiram a nado pelo Rio Tietê, mas um deles foi pego ontem. Nenhum objeto foi roubado. O representante da igreja afirmou que o local já foi furtado cerca de oito vezes em menos de um ano.

De acordo com policiais militares, a grávida Aline Aparecida Nunes Rodrigues, de 19 anos, e sua amiga Daniela Bispo dos Santos, de 23, vigiavam a rua enquanto os maridos tentavam arrombar a capela usando a grade de metal de um ralo. Para chegar à igreja, eles pularam o portão do local, que estava trancado. Vizinhos perceberam a movimentação e ligaram para a polícia.

Fonte: Estadão