Uma igreja evangélica foi alvo de um ato de vandalismo na cidade de Limeira, interior de São Paulo, na última terça-feira, 01 de julho.

Uma bomba foi detonada na entrada do templo, mas ninguém ficou ferido.

A explosão estilhaçou a porta de vidro da Comunidade Apostólica Operação Resgate, e também causou danos na parte interior do templo, perfurações no altar e nas paredes, além de fazer o forro do teto ceder.

[img align=left width=300]http://i1.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/07/igreja-bomba.jpg?fit=200%2C220[/img]O pastor da denominação, Anselmo Melo, disse ao Jornal de Limeira que o estrondo da explosão foi muito forte: “Para se ter uma ideia, um amigo frequentador da comunidade e que reside em um prédio longe da igreja me ligou dizendo que algo de errado tinha acontecido no salão. Ele notou muita fumaça e muitas viaturas policiais chegando ao local”, relatou.

Apesar do susto, nenhum fiel foi ferido no atentado pois a igreja estava vazia: “Todas as terças-feiras, o pessoal da igreja se reúne em casa para orarmos. Foi quando me avisaram do ocorrido. Logo pensei no pior”, disse Melo, que já se prepara para fazer modificações no templo. “Por segurança, vamos instalar um sistema de monitoramento por câmeras para reforçar a segurança da igreja. Enquanto isso, colocamos um tapume para improvisar e tapar o local danificado”, afirmou.

A cidade de Limeira é uma das maiores de sua região no interior de São Paulo, com forte produção de cana-de-açúcar e frutas cítricas na área rural, e grandes indústrias de metalurgia e vestuário. No entanto, nos últimos anos, vem enfrentando graves problemas de segurança pública.

De acordo com a Polícia Militar, os atos de vandalismo têm atingido igrejas de várias denominações em Limeira, e como reação, as lideranças católicas e evangélicas estão investindo em itens de segurança, como alarmes, por exemplo, e câmeras de monitoramento para flagrar e identificar os vândalos e também evitar furtos.

[b]Fonte: Gospel +[/b]