Mais de 1.500 pessoas foram beneficiadas por um “sopão” realizado por uma igreja evangélica na cidade de Valencia, estado de Carabobo (Venezuela). A ação foi feita como parte de uma ajuda humanitária.

[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/smart/media.guiame.com.br/archives/2016/10/10/1729669698-igreja-faz-sopao-na-venezuela.jpg[/img]A igreja Centro Evangelístico Vida Nueva serviu pratos de sopas para famílias de baixa renda. Ernesto Ojeta é o pastor da igreja. Ele contou que “em meio à crise que a Venezuela passa, a Igreja de Jesus Cristo se levantará e será reconhecida por alimentar os necessitados”. Além do ‘sopão’, a igreja realizou teatros, coreografias e atividades para crianças, mostrando a importância da Palavra de Deus para as pessoas.

Atualmente, a Venezuela está passando por uma crise que acarreta problemas econômicos e de abastecimento. Todos os dias, milhares de pessoas atravessam fronteiras com a Colômbia e com o Brasil para a compra alimentos. Para se ter uma ideia do desespero, cerca de 35 mil venezuelanos foram na Colômbia quando a fronteira do país foi aberta, em julho.

Além disso, é impossível obter um alimento quando ele chega nos supermercados da Venezuela, pois a inflação no país chega a quase 700%. A maior parte da população faz menos de duas refeições por dia e está subnutrida.

Os animais também estão sofrendo com a falta de recursos. O maior zoológico da capital do país, Caracas, registrou a morte de mais de 50 bichos por causa da fome, só neste ano.

[b]Para além da alimentação
[/b]
A crise também acaba afetando outras áreas, como a energia e a questão dos medicamentos. Devido à falta de eletricidade, os funcionários públicos trabalham apenas dois dias por semana e os hospitais têm sérios problemas para ajudar a população. Por esse motivo, toda ação humanitária se faz muito necessária e ganha grande repercussão.

[b]Fonte: Guia-me[/b]