O padre Cláudio Dias, 37 anos, foi indiciado pela Polícia Civil por atentado violento ao pudor mediante presunção de violência. O inquérito do delegado do Posto Policial da Mulher, Júlio Fernandes Neto, apontou o envolvimento do sacerdote com pelo menos duas meninas – de nove e 11 anos – e de uma adolescente de 12 anos.

Dias foi preso em flagrante no último dia 16 dentro de um carro na escola onde era diretor, na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul. No veículo, havia roupas íntimas de uma adolescente de 12 anos. Ele é acusado de abusar da menina sexualmente. Dias presidia o Colégio Salesiano Leão XIII.

Segundo as investigações, o padre abordaria as crianças na rua, apresentando nome falso e oferecendo presentes. Ele as convenceria a entrar em seu carro e daria bebidas alcoólicas às vítimas.

Fonte: Terra