A polícia de Santa Catarina deveconcluir em breve o inquérito sobre o assassinato da menina Gabrielli Cristina Eichholz, morta na Igreja Evangélica do Sétimo Dia, em Joinville (SC).

A informação foi dada ao G1, no sábado (10), pelo delegado Renato Hendges, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais de Santa Catarina (Deic).

De acordo com Hendges, o delegado Rodrigo Bueno Gusso, que coordena as investigações, deve encerrar o caso até o início próxima semana. Gabrielli foi estuprada e morta no dia 3 de março, ela tinha 1 ano e meio de idade.

Fonte: pe360graus.com