O jornal L’Osservatore Romano, do Vaticano, afirmou que o papa Bento XVI e o presidente norte-americano, Barack Obama, tem uma posição parecida sobre a criação de um Estado palestino.

Ao receber esta semana em Washington o premier israelense, Binyamin Netanyahu, Obama reiterou a necessidade de atuar pela formação de um Estado para os palestinos.

“O presidente norte-americano confirmou seu apoio à visão dos dois Estados, o israelense e o palestino, que devem viver pacificamente um ao lado do outro, em plena sintonia”, diz a publicação em um editorial intitulado “Dois Estados, uma só paz”.

O jornal lembra também que, em resposta, Netanyahu sustentou apenas que garantiria ao povo palestino o direito de se autogovernar, sem fazer qualquer menção à constituição de um Estado autônomo.

A relação entre os discursos de Obama e Bento XVI foi feita pelo L’Osservatore Romano porque, na semana passada, durante sua visita à Terra Santa, o Papa defendeu em mais de uma oportunidade a formação de um Estado palestino.

Fonte: Ansa